Não deforme seu corpo… mulheres com duas cinturas.

Dicas da Maia Fala comigo Brasil!

Hoje decidi trazer pra vocês o post mais pesquisado e lido aqui no Blog: Mulheres com duas cinturas e formas de prevenção.

E por que trazer um post que já está escrito? Primeiro porque, muitos de vocês não me acompanhavam quando escrevi esse post; e segundo porque fiz algumas atualizações e trouxe mais dicas de como evitar essa deformação, bem como corrigir.

Vale ressaltar que minha intenção com esse post não é falar de corpo padrão – já que esse, não existe. Padrão é aquele corpo que te faz sentir bem. Se você possui essas características – duas cinturas por deformação do uso incorreto de peças de roupa e está feliz assim, esse post não é pra você.

Esse post é apenas alertar a quem se interessa pelo assunto, sobre como se prevenir sem custos e amenizar os efeitos já produzidos no corpo, já que o que mais ouvimos e lemos nos dias de hoje, é sobre tratamentos, procedimentos e cirurgias.

Sem mais delongas… borá lá?!

 

gordura - culote

 

Quantas meninas, jovens e mulheres procuram hoje por dietas malucas, bem como por clínicas de estética para tentarem corrigir uma deformação no corpo que elas mesmas construíram?

culote

Com certeza você já viu uma mulher ou menina na rua com “duas cinturas” ou até mesmo você, que está lendo o blog nesse momento pode estar sofrendo com isso.

E você, não necessariamente está ou precisa estar acima do peso (me refiro ao peso que afeta a saúde) para apresentar esse problema.

Digo problema, pois ele causa uma insatisfação muito grande em várias mulheres e as leva a cometer loucuras para dar um fim a essa segunda cintura, fora todos os outros problemas em consequência desse como a depressão, a baixa autoestima, o bullying, convívio social reduzido, entre muitos outros.

Se você ainda não modificou seu corpo dessa forma, ou se você se sente feliz com ele, esse texto não é pra você, mas pode ser para uma amiga ou parente que sofre com sua aparência.

Compartilhe com quem você conhece e procura por esse tipo de informação!

Prevenção acima da MODA!

calça jeans cós baixo - culote na certa

 

Tivemos uma época em que as calças e shorts jeans de cintura baixa foram a febre das adolescentes e mulheres; e vira e mexe, a moda volta, e as calças e shorts também.

Não só elas, como também as calcinhas muito apertadas ou de titinhas muito finas e os soutiens extremamente apertados – seja para realçar os seios, aumentar aqueles que não temos ou por querer acreditar que seu busto é menor e a compra acaba sendo extremamente errada – comprando um número menor que o seu…

E todos esses fatores deixarão seu corpo desconfortável e, a longo prazo, deformado.

“A calça jeans de cós baixo aperta linearmente uma área que deve ter liberdade para o crescimento. Uma adolescente de 11 anos ao comprar uma calça e mantiver esta mesma calça até os 14 anos de idade, faz com que no lugar do quadril o crescimento não se dê de forma correta, devida a pressão que ocorre sobre esta região. Isso faz com que ocorra uma diminuição da nádega e um aumento da gordura das ancas criando uma deformidade estética muito acentuada que só pode ser corrigida por lipoescultura.”

Dr Raul Gonzalez

Dr. Raul Gonzalez

 

Atenção meninas: o uso do soutien maior também é um problema, pois pode colaborar com a flacidez dos seios.

Soutien apertado ou Frouxo por Fabiana Morato
Foto do Blog: http://superela.com/2014/04/01/11-recomendacoes-para-comprar-o-sutia-certo/

 

 

Então o que fazer para evitar essa cintura dupla e essas deformações no corpo?

 

Se ainda está em tempo de se prevenir ou gostaria de amenizar as deformações  causadas em seu corpo pelo uso incorreto de algumas peças de roupa, vamos às dicas básicas:

 

* Aposte em saias, vestidos, calças e shorts mais soltinhos, que facilitam a circulação sanguínea, evitando também estrias, celulites e essa deformação, além de ser indicado também pelos ginecologistas para uma melhor saúde da região íntima da mulher.

...inspirações de fotografia.........................................

 

* Se não resiste a uma calça jeans com cós baixo, opte por uma menos apertada.

* Evite o uso de soutiens que não sejam apropriados.

Se seu tamanho é pequeno, use o tamanho adequado pra você e vice versa; pois usando o soutien frouxo demais, trará flacidez aos seios e apertado demais, causará o mesmo efeito da calça/short jeans apertado.

* Evite o consumo de açúcar branco e gordura.

Será positivo para sua saúde, de um modo geral, e evitará também o acúmulo de gorduras em seu corpo e, principalmente na região abdominal, o que tornará mais lento esse processo de deformação na região da cintura.

*Uma atividade física é sempre bem vinda. Ajudará você a manter seu corpo saudável e, dependendo da atividade escolhida, com a queima de gordura, o processo de deformação será também nesse caso, mais lento.

*Beba muita água. Além de todos os benefícios que a água já trás, manter seu corpo hidratado, melhora a circulação. E quando você usa uma roupa apertada durante muito tempo, sua circulação é prejudicada.

* Se não dá pra abandonar a calça ou short jeans, use e abuse do cós alto. Além de ficar muito mais elegante e não “pagar cofrinho” por aí, ainda evita essa deformação no corpo, mantendo uma única cintura.

 

.pose diferente para fotos.

* O uso do cós alto vale também para leggings e calças/shorts de outro tecido, não apenas o jeans.

* Quanto às calcinhas, opte pelas mais confortáveis, de preferência calcinhas sem costura. Nada de calcinha extremamente apertada, de tirinha… e fazendo a função da calça de cintura baixa.

Calcinha apertada

 

*No início dessa deformação, é possível corrigir apenas alterando a forma de usar a roupa e usando cintas modeladoras. Em casos mais agravados é necessário um tratamento estético.

Esse texto baseado em artigos do Cirurgião Plástico Dr. Raul Gonzalez, um dos mais experientes cirurgiões de Remodelagem Glútea e de Próteses Corporais; pesquisas na Internet através de vídeos e textos de Biomédicos e Ginecologistas, bem como em minha experiência e observação de amigos e familiares que sofrem com esse problema.

Ficamos por aqui e nos vemos em com mais Dicas da Maia!

Ficou com alguma dúvida?

Deixe aqui nos comentários e eu irei te responder em breve!  Dicas da Maia

Resenha de Progressiva e Dicas sobre o uso do Formol.

Continuar lendo Resenha de Progressiva e Dicas sobre o uso do Formol.

Resenha – Protetor Solar Vichy Clarify FPS 60

josi Fala comigo Brasil!

Quem está acompanhando o blog, sabe que comecei um tratamento para o melasma recentemente (Confira AQUI o post sobre o Tratamento); e que cada uma das minhas descobertas para manter a pele saudável e sem manchas, venho sempre aqui compartilhar com vocês.

Continuando o procedimento no rosto

A descoberta da vez é o protetor solar com efeito clareador da Vichy, elaborado, de acordo com a marca, especialmente para a pele brasileira (normalmente mais mista e oleosa) e para nosso tipo de temperatura.

VICHY CLARIFY.png

Vale lembrar que o protetor solar deve ser usado sempre, independente de você possuir ou não melasma ou outras manchas de sol; e independente da marca, contanto que contenha em sua fórmula, os fatores de proteção UVA e UVB.

Protetores

Sobre o Protetor Solar da Vichy:

Apesar de ser indicado para todos os tipos de pele, por ter um toque super seco eu não recomendaria para peles muito secas, pois na hora de passar, para que ele espalhe bem e você não fique parecendo um PALHACINHO palhacinho PALHACINHO, você vai acabar esfregando muito a pele e pode acabar irritando, principalmente as mais sensíveis, porque ele não desliza tão facilmente e adere a pele bem rápido.

Se você tem a pele seca, não se preocupe, pois a marca tem vários protetores, além de uma infinidade de outras excelentes marcas que estão no mercado. Com certeza você vai encontrar o protetor ideal para seu tipo de pele e da marca que lhe agrada e você confia.

(Leia mais sobre a importância do uso do protetor solar e saiba como escolher o que vai lhe garantir proteção clicando AQUI)

Informações sobre esse produto:

protetor-vichy Protetor Gel-Creme

protetor-vichy Fator FPS 60 (protege dos raios UVB)

protetor-vichy Alta Proteção dos raios UVA

protetor-vichy Possui sistema de filtros MEXORYL XL + SX – O que garante proteção contra os danos causados pelos raios UVA e UVB

protetor-vichy Efeito Clareador – atenua áreas escurecidas da pele

protetor-vichy Hipoalergênico – Formulado pra minimizar o possível surgimento de alergias

protetor-vichy Cor de base que se adapta a 89% dos tons de pele

protetor-vichy Toque super seco – o “super” é por minha conta 🙂 e pela sensação que me causou.

protetor-vichy Cheiro – É bem suave e só sinto quando passo. Depois de seco na pele, quase não dá mais pra sentir

protetor-vichy Textura – Lembra uma base bem consistente e cremosa. Ao passar na pele, seca muito rápido e é absorvido em questão de segundos pela pele

protetor-vichy Durabilidade – 3 hrs de acordo com a marca e estou seguindo a risca. A maioria dos protetores você precisa retocar a cada duas horas e com esse, ganhei mais 1 hora de proteção e economia 🙂

protetor-vichy Enriquecido com água termal Vichy com propriedades suavizantes e fortificantes

protetor-vichy Aprovado pela ANVISA

protetor-vichy Custo / Benefício – Rende muuuuuito.

Como já diria a Copasa, cada gota conta. E conta mesmo porque ele não é barato. É acessível.

Mas você usa em gotas. Algumas gotas, em etapas, para não acumular muito produto no rosto, no pescoço e no colo. Não precisa usar muito, até porque se passar demais vai ficar com cara de fantasminha. FANTASMINHA

FANTASMA QUE TODOS QUEREM TER
Agora se for esse o fantasminha, eu vou gostar bastante! 🙂 Vou inclusive indicar para todos usarem esse protetor em excesso…

Claro que para a exposição ao sol, em caso de praias, piscinas ou atividades onde sua exposição ou suor são mais intensos, é importante que passe uma camada mais abundante de protetor, aí nesse caso, recomendo um sem base pela minha experiência, pois em excesso esse protetor te deixa com o rosto, pescoço e colo bem claros, pelo menos para o meu tom de pele.

MEU TOM DE PELE
Meu tom de pele… para referência.

Vale lembrar que o corpo também deve ser protegido, mas não costumo usar o mesmo do rosto, no corpo. Então fica a critério e cada um se o corporal será com ou sem base. Eu vario entre os dois de acordo com a situação e com o estado da pele no dia.

Estou amando...O que eu estou amando?

Depois de alguns minutos que você passa ele se mistura ao tom da sua pele dando uma aparência bem natural e cobre as manchas como se fosse uma base de menor cobertura, por isso o aspecto natural.

Proteção UVA e UVB garantida, pois o protetor é dermatologicamente testado e aprovado pela ANVISA.

ANVISA

Ele tem efeito matte, mas não deixa a pele tão seca e opaca. Mantém um leve brilho que deixa o aspecto bem natural.

Transferência – Transfere muito pouco para outras superfícies como telefone por exemplo.

PROTETOR E TRANSFERÊNCIA

Não estou amando tanto assim... O que eu não estou amando tanto?

Valor: varia de 70 a 90,00. PREÇO Podia ser mais baratinho. 🙂

Textura (principalmente ao passar no rosto) – Ele é bem difícil de espalhar e seca muito rápido; e como minha pele é sensível em algumas regiões, preciso ser muito cuidadosa para não irritar e pra não exagerar na quantidade, justamente para não ter que esfregar e pelo risco de ficar muito pálido e artificial.

ESPALHABILIDADE DA VICHY

Onde você pode comprar?

Farmácias comuns, farmácias on-line, Lojas físicas, sites de venda como Mercado Livre, Magazine Luiza, entre outros.

Dicas da Maia:

Barato que sai caro! precoprecopreco

Fiquem atentos a alguns protetores que não são testados dermatologicamente ou não são aprovados pela ANVISA.

Preço nem sempre significa qualidade, mas em caso de protetor solar, desconfie do “barato demais”. Não que um baratinho não vá ter qualidade, mas se estiver abaixo da média, pesquise antes, leia as informações na embalagem do produto, pesquise na Internet, ligue no atendimento ao consumidor…

pesquisa

Não lhe faltarão opções para ter certeza de que o seu dinheiro investido está realmente cuidando da saúde e beleza da sua pele.

Fator de Proteção – Só FPS resolve?

protetor

De acordo com a ANVISA (normativa aprovada em 2012), todas as fórmulas de protetor solar devem conter o fator PPD/anti-UVA/FPUVA e apresentar essa informação na embalagem. Ou seja, se o protetor que você está comprando não tem essa informação, procure outro imediatamente.

“Passei o Protetor de manhã. Tô Protegida?”

NÃO.

Retoque o protetor a cada duas horas, a não ser que a embalagem te garanta outra duração.

Pesquise!

Faça uma pesquisa em sites e lojas físicas. Sempre existe diferença de preço ou promoções interessantes. Encontrei em uma farmácia por 89,90 e no Mercado Livre por 70,00, o mesmo protetor solar.

Jogada Comercial

propaganda.png

FPS 100 / 150 / 200 e seus mitos – Fator de Proteção acima de 50 não altera significativamente com relação à proteção, apenas com relação ao preço. Então se estiver em dúvida ao comprar um protetor de fator 100 que custe R$ 200,00 e um de fator 50, que custe R$ 100,00, fique com o mais barato, contanto que ele cumpra os quesitos determinados pela ANVISA (apresentando na fórmula e embalagem os fatores de proteção para UVA e UVB). Muitas empresas usam dessa jogada para vender os protetores por um custo muito mais alto em relação ao aumento de benefício de proteção, que é mínimo do fator 50 para 100.

Inclusive já fica aqui uma diquinha básica para que não se enganem com empresas que usam o nome “Bloqueador Solar”, pois de acordo com as novas regras do Mercosul, é vetada esse tipo de indicação nas embalagens, pois induz o consumidor a achar que 100% da radiação está sendo bloqueada. #SóqueNão

Fonte: https://www.sbcd.org.br/pagina/1796 e Folha de SP.

Bom, é isso… Por hoje encerro nosso post e nos vemos na próxima segunda com mais Dicas da Maia.

Ficou com alguma dúvida?

Deixe aqui nos comentários que te respondo em breve! josi